terça-feira, outubro 02, 2007

O único tique nervoso que aceito!












Ó amor não me mataste o desejo
Ó amor com o teu primeiro beijo
Ó amor não me mataste o desejo
Ó amor com o teu primeiro beijo


...fico maravilhada como durante quase 5 minutos de música se pode dizer sempre a mesma coisa!MAS EU GOSTO!!!!!!!!!!
E só por isso, esta semana vou à minha discónáite de quarentões - ou à dos encontrões! - dançar e dar cabo das cordas vocais!
Corpo pede! e se o corpo pede, já se sabe...não há nada para contrariar!

4 comentários:

rien à signaler disse...

O corpo pede, e dps o corpo é que paga (segundo Variações)

Se estou a pensar na mesma, gosto bastante da boate do quarentões, mais não seja por ser o que temos fisicamente mais próximo da saudosa Kapital...

A dos encontrões, e mais uma vez, se estiver a pensar na mesma, vê lá não fiques à porta...

E já agora, se deres cabo das cordas vocais, então que seja para passares a comunicar como eu sempre te idealizei:
- A levantares cartazes de 1m x 1m, ilustrados com os teus desenhos, através dos quais comunicas com a malta.

maria arroz disse...

Lol
Temos é de tratar daqueles flash's que quase cegam! (acho que é um esquema para os quarentões se safarem...arggggg!)
E eu só fico à porta quando tenho de vos levar comigo!:P
Que raio...é assim que me vês?!com cartazes gigantes a dizer paravalheiras?...
bolas...
:(

rien à signaler disse...

Lá estás tu... Vê lá se não entraste no Kuadrado só por minha causa.

maria arroz disse...

LOL
pois foi...
sim,sim...
ONDE???
(reparaste que só entraram os que estavam comigo?!)
LOL
:)