domingo, setembro 23, 2007

Porque quando jogo, é para ganhar!





E quando arrisco (o que é raro), é por estar disposta a perder tudo!
Ou vai ou racha...
(pois...faz sentido, Maria!)

8 comentários:

fonzie disse...

excelente... adoro a tua expressão. estou perdoado madre arroz?

maria arroz disse...

(és um graxista...)
Não!!!!!!!!
Voltas a fazer destas, e vais ver quem te vai meter em trabalhos com o SEF...sem falar que antes de saires do avião já vais estar a APANHAR!!!!!!!!!!!

fonzie disse...

"puquê maía? puquê não pedoa a mim?"

não sou nada graxista, simplesmente acho q és linda, sexy, inteligente, meiga... tens tanto jeito com crianças, vais ser a melhor mãe do mundo (boa miudo, esta costuma resultar), enfim, és a mulher perfeita, o sonho de qualquer homem com um pingo de sanidade.

"já pedoa a mim?"

maria arroz disse...

(se não tivesses começado a chamar coisas ao meu blog, eu já tinha sacado o velho-anão-rico-tipo-mete-nojo!!!...ele já estava com taquicardia, mas com os teus comentarios e etc deu-lhe logo ali um treco/piripaqui...sem antes assinar os papeis...Vês o que fizeste?????)
tótó graxista!
:B

maria arroz disse...

Mas concordo contigo!
Desta vez tens toda a razão!
Sou a "mulher perfeita"!
(Vês como eu também sei assumir quando os outros estão certos?!)

fonzie disse...

acabei de confirmar com o meu advogado q o nosso acordo n envolvia nd disso de papeis e assinaturas, bastava o anão bater a bota. you're mine. ;)

de facto é verdade, sabes dar o braço a torcer e assumir qdo eu tenho razão. é bonito de ver... até estou emocionado... mais uma grande virtude da mulher perfeita...

maria arroz disse...

Claro, claro!
POis,pois!
;P

Olhe, e não se trabalha por aí?!Não se faz nenhum...é o que é!
(porque eu estou ao serviço,fique sabendo...desde as oo horas! - turno chato este para mim...ui!)
VAI DORMIR!!!!!!!!!!

fonzie disse...

:) vou já... tou só aqui a fazer umas contas... pra ver quem despeço amanhã...

(mensagem subliminar:
bastava o anão bater a bota.
bastava o anão bater a bota.
bastava o anão bater a bota.
bastava o anão bater a bota.
bastava o anão bater a bota.)